SEJAM BEM VINDOS!!!!!


Muitos podem se perguntar porque o nome do blog é esse? Eu vou explicar, a algum tempo atrás vi que algumas coisas em minha vida não estavam caminhando bem... como por exemplo o excesso de peso, minha vida profissional, as minhas prioridades etc. Por isso resolvi dar uma jeito nisso tudo! Este é um recomeço...RUMO A GASTROPLASTIA!

segunda-feira, 31 de outubro de 2011

Arrumando as malas e a casa...

Oi, minhas amigas e amigos! Bom, nem preciso falar porque ando sumidinha! Estou arrumando tudo porque o dia esta chegando... estou super ansiosa, hoje tirei o dia para fazer faxina na casa ( Todos os armários eu já tinha limpado semana passada!). Já lavei toda a roupa e agora a pior parte "passar" aff... Este fim de semana só curti minhas filhinhas e meu marido, aproveitei o dengo da família e pedi pra minha mãe fazer pãezinhos de batata, só para eu matar a vontade, aproveitei para tirar umas fotinhos do pão pra vocês ficarem com vontade também!
Fiquei também arrumando as malas, e já mandei arrumar também os pijaminhas pois todos estavam apertados, mas só pegarei na costureira amanhã! 
Para hoje, tenho que ir depilar e fazer as unhas, tem que estar tudo OK, néh!
Vamos a lista do que levar para o hospital!

  • 1 TROCA DE ROUPA
  • 3 PIJAMAS DE BLUSA E SHORTS (LARGOS)
  • CHINELO
  • CALCINHAS
  • 1 TRAVESSEIRO
  • 1 CINTA ABDOMINAL C/ VELCRO SELLETA
  • PERTENCES DE USO PESSOAL ( ESCOVAS, SABONETE, DESODORANTE, ETC...)
  • LEVAR TODOS OS EXAMES : LABORATÓRIAS, RX, US, LAUDOS, SOLICITAÇÃO DA CIRURGIA, GUIA AUTORIZADA + PRESCRIÇÃO DE INTERNAÇÃO.
  • MÁQUINA FOTOGRÁFICA
  • CELULAR + CARREGADOR
Acho que isso é tudo.... bem se eu estiver esquecendo alguma coisa , por favor me lembrem, tá!
Tirei uma fotinho das malas que é claro ainda não estão prontas! Beijinhos e amanhã eu vou portar algumas fotos minhas para podermos fazer o antes e o depois (achei que nunca ia chegar minha vez!!!!!!! RSRSRS) .


sexta-feira, 28 de outubro de 2011

Deu tudo certo!!!


Pessoal, eu estou muito feliz! Acabei de ligar na Unimed  e recebi o ultimo OK que faltava para a cirurgia, que por sinal só faltam 5 dias. Agora é só controlar a ansiedade e terminar os preparativos! Tenho que arrumar a mala, comprar minhas comidinhas, peneirinhas, copinhos, colocar a máquina fotográfica para carregar, ligar para o anestesista, etc...
Será que deixei tudo pra última hora? 
R: Sim, sou Brasileira!!!

P.s: Mas não desisto nunca!!!

quarta-feira, 26 de outubro de 2011

O que muda depois da Cirurgia????


  • Queda de cabelo - pode ocorrer alguns meses após a cirurgia. É transitório e normalmente melhora espontaneamente, principalmente com alimentação adequada orientada pela nutricionista.

  • Volume da alimentação - você passará a se alimentar com um volume de comida muito menor. No começo pode haver uma certa dificuldade a se adaptar. Principalmente porque sua fome deve diminuir rapidamente, mas o hábito de comer pode ainda permanecer.

  • Atividades físicas - com menos peso você poderá praticar atividades físicas que antes não seriam possíveis, e isso ajuda muito na manutenção da saúde.

  • Riscos de doenças - Se você tem diabetes ou hipertensão arterial, a chance de essas doenças deixarem de existir é muito grande. O mesmo acontece com as outras doenças associadas à obesidade. Se você não tem, a chance de elas ocorrerem também diminui consideravelmente, a ponto de diminuir o risco de óbito após a cirurgia em até 15 vezes.

  • Auto-estima - como você passará a ter um peso mais próximo do normal, todas as atividades poderão ser realizadas como qualquer outra pessoa. Você deve passar a se sentir mais agradável à vista das pessoas, e o relacionamento pessoal melhora, além de elevar a auto-estima.

Entendendo o que é "DUMPING"


É a passagem rápida do conteúdo gástrico, ou seja, dos alimentos presentes no estômago, para o intestino, principalmente dos alimentos ricos em açúcar. Os sintomas comuns são náuseas, fraqueza, suor frio intenso, desmaios e diarréia após a alimentação. É necessário evitar os alimentos ricos em açúcar.
 Proibições e instruções na dieta são muito importantes na conduta para a síndrome de dumping.
A ingestão diária de calorias se divide em 6 refeições.
A ingestão de líquidos durante e com as refeições fica restrita. É útil evitar líquidos por pelo menos meia hora depois de uma refeição.
É melhor evitar açúcares simples. Leite e derivados, em geral, não são tolerados e devem ser evitados.
Como a ingestão de carboidratos fica restrita, a ingestão de proteínas e de gordura deve ser aumentada para preencher as necessidades energéticas.

Alerta!



Quem corre mais risco de voltar a engordar após a cirurgia de obesidade:
1-Pessoas que têm o hábito de beliscar. “De pouco em pouco acabam comendo muito. Chegam a 2.800calorias por dia”, conta a nutricionista Silvia Leite Faria, que realizou duas pesquisas sobre o tema para a Universidade de Brasília.
2-Comedores de doce compulsivos. Sobretudo se não sentirem o dumping (náuseas e fraqueza relacionadas ao esvaziamento rápido do estômago), que surge em pacientes operados após o consumo de alimentos doces ou gordurosos.
3-Grandes bebedores de álcool ou refrigerantes. Com o tempo podem recuperar a capacidade de ingerir líquidos de forma ilimitada, diz o cirurgião Marcos Vilas Boas, vice-presidente da Sociedade Brasileira de Cirurgia


terça-feira, 25 de outubro de 2011

Procedimento Cirúrgico " FOBBI CAPELLA"

video

Cuidados após a Cirurgia Bariatrica do Bypass Gastrico


Cuidados após a Cirurgia Bariatrica do Bypass Gastrico
No 1º mês após a cirurgia o paciente só pode se alimentar de líquidos (não viscosos), como água, chá, suco, água de coco, caldos de galinha ou carne, etc.. Pequenos goles de 20 ml a cada 4 minutos. O motivo dessa dieta é não dilatar o estômago para não forçar a costura e evitar a deiscência da sutura, que causaria a fistula do estomago pequeno com peritonite e risco de vida .
.
. Após 30 dias da cirurgia as costuras estarão completamente cicatrizadas, não existe mais o risco de deiscência (descoser) e o paciente não corre mais risco de vida.

. A partir do 2º mês o paciente inicia a dieta que irá acompanha-lo por toda a vida:

1. Fazer 3 refeições sólidas por dia (evitar os pastosos, cremosos, doces e álcool). Os alimentos pastosos passam facilmente pelo anel e não causam sensação de saciedade, logo, engordam. É proibido beliscar durante o dia todo pois é outro fator de engorda.

2. Refeições devem ser de tamanho pequeno e ser feitas com muita calma, o ideal é comer em um prato de sobremesa. Cada refeição deve ser feita em 40 minutos. Se o paciente comer rápido ele vomitará subitamente (às vezes nem dá tempo de chegar ao banheiro !!!). Nos primeiros meses é recomendado carregar um saco para vômitos na bolsa. Ensinamos os pacientes a obedecerem aos 5 “Ts”:

Três refeições sólidas por dia (Evitar beliscar e evitar os pastosos).
Tempo para comer (comer o almoço e o jantar em 40 minutos no mínimo).
Tamanho da refeição (pequena quantidade de comida por refeição).
Tamanho dos pedaços (cortar tudo bem pequenino para não entalar no anel).
Tranqüilidade para comer (só comer em momento tranqüilo).

O médico irá cobrar do paciente : “O seu tempo de refeição é mais importante do que o seu chefe, horário do banco, etc !!! Vou cobrar que você se goste e cuide de você mesmo. Você é a prioridade !!!”.

3. Tomar primeiro o liquido e depois o sólido (Só comer depois de beber).
A seqüência ideal é: água – suco – arroz – carne.
Nunca beber depois de comer, porque o líquido empurra a comida pelo anel com violência (flush down) causando risco de girar o anel. Além disso, esse hábito diminui a sensação de saciedade, comprometendo a perda de peso.

4. Mastigar muitas vezes. Engolir. Esperar 4 minutos antes de engolir de novo (Lembre-se que os vômitos súbitos são conseqüência de comer rapidamente).
Na verdade, a alimentação pode continuar sendo uma fonte importante de prazer, trocando-se o estilo churrascaria rodízio pelo estilo restaurante francês, onde se saboreia o tempero, a variedade de preparo do alimento, a conversa, etc..

5. A refeição deve ser feita em um momento tranqüilo. Se o paciente estiver nervoso não deve alimentar-se. Deve pular essa refeição.

6. Beber muitos líquidos durante o dia (para evitar pedras no rim) e se, a urina ficar escura é sinal de que é necessário beber mais líquidos. Mas, evitar tomar líquidos 40 minutos antes ou depois das refeições. Evitar também os líquidos gasosos pois, com certeza, causarão mal estar e agonia.

7. É recomendado ao paciente comer carne vermelha pelo menos em 1 refeição por dia (o ideal é comer em toda refeição). Queremos que o paciente coma proteínas principalmente (assim forçamos o paciente a queimar as gorduras depositadas para produzir energia).

8. Às vezes, algum alimento pode entalar no anel do estômago, causando obstrução com dor, vômitos e uma sensação de agonia. Nesse caso é importante correr até o Pronto Socorro para fazer uma Endoscopia Digestiva Alta e retirar o alimento entalado (geralmente carne ou queijo mal mastigado). O paciente precisa avisar o endoscopista que ele foi operado pela técnica de Fobi e Capella e pedir para o colega entrar em contato conosco.

9. Devemos procurar identificar sinais de depressão (uso de álcool ou drogas), alteração de sono, etc. e encaminhar o paciente à psicoterapia urgentemente.

10. Devemos investigar anemia pois a “não passagem” do alimento pelo estômago pode ser a origem dessa anemia. O sintoma é o cansaço e a palidez que podem ocorrer a partir do 6o mês após a cirurgia. O tratamento é a administração de ferro e vitamina B12 injetáveis (não adianta tomar via oral). Acreditamos que o uso de vitaminas via oral diariamente ajuda a prevenir a anemia e iniciamos seu uso desde a cirurgia (ex.Vitergan Zn – 1 comprimido/dia – uso eterno, Complexo B Roche – 1 comprimido/dia – 2 meses e Centrum – do 3o mês em diante).

11. Devemos investigar anualmente com ultrassom abdominal a existência de cálculo na vesícula biliar pois a “não passagem do alimento pelo duodeno” pode originar tal doença. Uma vez diagnosticada, devemos realizar a retirada da vesícula biliar por videolaparoscopia (cirurgia por fibra ótica).

12. Avisar o paciente que nos primeiros 6 meses após a cirurgia ocorre queda de cabelo, e que geralmente o processo é limitado há esse tempo.

13. O paciente deve ter consultas mensais com o endocrinologista durante o primeiro ano após a cirurgia pois, com a perda de peso, ocorre melhora natural das comorbidades (diabetes, hipertensão arterial, insuficiência cardíaca, renal e pulmonar) e assim sendo, é necessário que as doses de medicação para tais doenças sejam reajustadas.

14. O paciente precisa saber que o anel (que faz o fenômeno ampulheta) pode girar. Isso significa obstrução da passagem da ampulheta. Nesses casos, é necessário a re-operação de urgência para desobstruir a passagem alimentar. Provavelmente a origem desse giro de anel é o paciente comer pastosos com freqüência. Ou seja, comer alimentos pastosos após a Cirurgia de Fobi e Capella é perigoso.

15. No primeiro mês o paciente pode perder 10% do peso, nos próximos a perda mensal vai sendo progressivamente menor. Em média, se o paciente colaborar, a perda de peso após 1 ano da cirurgia gira em torno de 40%. Esse novo peso deve se manter por toda a vida.

16. Por que o paciente para de emagrecer em certo momento após a cirurgia ?

Um paciente de 130 Kg queima 3.000 kcalorias por dia (andando, respirando, etc.). Esse paciente come muito mais que 3.000 kcalorias por dia, por isso, é obeso. Ao fazer a cirurgia o paciente é obrigado a ingerir apenas 300 kcalorias por dia (pois o anel não deixa passar mais que isso) e como o paciente continua queimando 3.000 calorias por dia ocorre o emagrecimento rápido, que na verdade é uma desnutrição induzida pela cirurgia (o gasto passa a ser maior que a entrada de calorias).
Após 6 meses o paciente pesará 90 Kg e passará a queimar apenas 2.000 kcalorias por dia. Nessa ocasião o paciente já aprendeu a conviver melhor com a cirurgia econsegue ingerir 600 kcalorias por dia . Assim, o “diferencial entrada/gasto” diminui e o emagrecimento também vai diminuindo.
Após 1 ano esse paciente pesará 80 Kg e passará a queimar 1.500 calorias/dia, com seu metabolismo mais magro terá maior disposição para atividades físicas e, assim, queimará outras 1.000 calorias/dia. Nessa ocasião o paciente pode aumentar um pouco a ingesta calórica, pois aprendeu a alimentar-se com a cirurgia, e acaba encontrando seu ponto de equilíbrio ocorrendo, assim, a estabilização do seu peso após 1 ano da cirurgia.

Em outras palavras: enquanto houver emagrecimento (durante o primeiro ano) haverá desnutrição. Essa desnutrição deve ser acompanhada pelo especialista mês a mês para ter seus efeitos nocivos minimizados ao máximo.

17. Às vezes, solicitamos um exame endoscópico do pequeno estômago para avaliar a passagem pelo anel. O endoscópio deve passar justo pelo anel e o endoscopista deve ver a passagem como se fosse um piloro (válvula natural de saída do estômago). Esse anel é importante porque faz com que a passagem tenha sempre o mesmo calibre (não dilatando com o tempo).

18. Como avaliar o sucesso da cirurgia ? Qual a meta ?

Acreditamos que o ideal é que o paciente perca 40% do peso. Essa perda deve ocorrer em até 1 ano de cirurgia. O novo peso atingido deve ser mantido por 5 anos no mínimo. Lembra-se: nos primeiros 6 meses os pacientes emagrecem rápido porque estão empolgados e cumprem suas obrigações como pacientes, voltam às consultas, etc.. Nos meses seguintes é necessário que o paciente mantenha dieta e atividade física para garantir o sucesso.

19. O que é a avaliação da Escala BAROS?

É um questionário que todo paciente preenche após a estabilização de peso
onde ele avalia sua qualidade de vida atual do ponto de vista de Felicidade – Atividade Física – Participação Social – Profissional – Sexual.
Outra escala modificada (de Moorehead) sugere a pergunta “Você vive para comer ou come para viver?”.

20. Como já foi dito, após 1 ano, geralmente, o paciente perde 40% do peso e ocorre estabilização do seu peso.
Nessa ocasião o paciente terá “pele caída”. Será necessário fazer cirurgias plásticas para retirar esse excesso. No homem a pele abdominal pode ser retirada por uma dermolipectomia convencional, mas na mulher será necessário em algumas vezes fazer a incisão em âncora. Há também outros excessos de pele a serem retirados, como: nos braços, nas coxas e no pescoço.

Bom dia....


Não que eu seja a favor da despedida gastronômica, mas, nada mais justo do que antes da cirurgia ir ao Mc matar a vontade,hehehe! Ontem fui na Nutricionista, ela já me passou a dieta das duas primeiras semanas. A primeira semana varia entre água, água de coco, sucos de pêssego, pera, maçã e caju, chás de cidreira, erva doce ou camomila, e caldo de frango ou carne c/ legumes (batata ou mandioquinha, chuchu ou abobrinha).
Na segunda semana ela só acresceu a gelatina diet e bater o sopa bem "rala"! Já estou psicologicamente preparada para isso! 



segunda-feira, 24 de outubro de 2011

FELIZ!!!


 Oi meus queridos!!! Desculpe se estive sumida, mas aconteceram muitas coisas... Como na ultima consulta com o médico, ele disse que tudo que precisavamos já estava certo só faltava alguns detalhes, disse para eu aguardar que já iria me chamar para passar os ultimos detalhes! Que alegria! Ele me chamou para assinar o Termo de Responsabilidade, e me encaminhar para a médica orçamentista, no consultório mesmo já deram entrada na cirurgia. Mas até ai só estavamos começando! Sai do consultório e fui direto a médica orçamentista que já estava me aguardando, Lá ela organizou todos os meus exames, os laudos e anexou mais alguns documentos como receitas médicas e pedido de internação. Logo veio a paulada!!! Ela me pediu R$4.000,00 é isso mesmo quatro mil!!! Para pagar a bota pneumatica e a hora extra do médico e do anestesista, é, essa foi de doer, eu sabia que haveria gastos com a bota e tal, mais não que ultrapassase 2mil! Mas enfim marcou minha internação para o dia 03/11 É ISSO MESMO DAQUI A MENOS DE 15 DIAS, e pediu que eu levasse os documentos para a Unimed para poder marcar a pericía!
Levei outro susto! Conforme ele havia me explicado, eu levaria os documentos e eles marcariam a perícia, hahaha, que nada cheguei lá com os papéis eles já me colocaram em frente a uma sala, logo me chamaram, me pesaram e mediram, e veio a notícia! O perito entrou na sala e me disse que não poderia aprovar , pois a minha endócrino havia colocado no laudo dela que eu tinha dificuldades de emagrecer pois não podia fazer atividade física por causa de uma lesão no joelho causada pela obesidade, só que eu não tinha o raio-X e o laudo médico para comprovar isso! Na hora eu fiquei tão nervosa e perguntei pra ele se por causa disso ele não me aprovaria , ele me respondeu que  meu IMC 38 e não era o suficiente para a cirurgia e que eu teria que ter comorbidades! Ai eu fiquei mais nervosa ainda, pois eu comprovei que tenho, não só uma mais quatro! Disse isso a ele falei sobre meu refluxo, a dispidemia, e hérnia de hiato ...rsrs(...é to meio estragadinha!)
Quando sai da sala junto com a secretária dele, ela veio me falando que ele era muito ruim e que ela tinha dó dos coitadinhos do INSS pois ele também trabalhava como perito lá! Ela pediu para que eu aguardasse pois iria me passar o número do protocolo, quando tocou o telefone dela, ele pediu para que ela levasse minha endoscopia para ele novamente, quando ela saiu da sala, já saiu dando risada e disse que ele nunca voltava atrás do que fazia! Agora fala pra mim , meus DEUS é maravilhoso néh!!!! Pois é, ele voltou atrás e autorizou a cirurgia!!!! Obrigado Senhor!!! 
Agora só falta a liberação do material que será usado na cirurgia, ai estará tudo certo para eu festejar e me preparar! Como vocês podem ver eu estou muito feliz e contente por estar dando tudo certo, em breve volto com mais detalhes dos ultimos acontecimentos!
Beijos e orem por mim!!!


segunda-feira, 17 de outubro de 2011

Oi, Amigas(os)!!!!

Está chegando a consulta com meu médico, é amanhã, estou super ansiosa pois ficará definidas muitas coisas! Eu me adicionei em um grupo no Facebook que me indicaram muito bom,e que tem me ajudado muito chamado chamado Nutri Gastro Feliz. Se tiverem um tempinho leiam este artigo, eu gostei muito!

Oi gente!!
Todos nós sabemos, que após passar pela cirurgia bariátrica, o volume tolerado pelo estômago é bem menor, e com isso, a necessidade de selecionarmos melhor os alimentos, torna- se maior.
Comer pouco não significa comer mal!!
Tenho observado, não só aqui no grupo, que muitas pessoas que passaram pela cirurgia, sentem dificuldade na ingestão de certos alimentos, o que a curto prazo pode não parecer tão sério, mas a longo prazo, que é o que mais importa, pode causar sérios danos à saúde!
Conversando com alguns profissionais da área, cheguei a conclusão de que mesmo em quantidades pequenas, as refeições devem ser o mais balanceadas quanto forem possíveis, pois alguns nutrientes são essenciais para o bom funcionamento do nosso organismo.
Um dos alimentos, que a maioria dos operados deixam de lado, é a carne vermelha, rica em ferro.
A deficiência de ferro se desenvolve de maneira lenta e progressiva no nosso organismo, por isso a necessidade do consumo diário dos alimentos que o contém.
Segundo os nutricionistas, essa necessidade se torna ainda maior para as mulheres, devido à perda sanguínea que ocorre durante a menstruação.
Eu sei que muitas vezes, é difícil comer carne todos os dias, também sou gastroplastizada e operei recentemente, ainda estou em fase de aprendizado, me acostumando com a nova vida, mas tento dar o melhor de mim, para que minha saúde esteja sempre em dia!!
Outro fato que me preocupa, são as trocas, várias pessoas já me disseram que trocam as refeições por doces, chocolates, bolachas recheadas, hambúrgueres, enfim, por besteiras... "Se não posso comer tudo o que gosto, escolho uma coisa que gosto mais, e como no lugar do almoço ou do jantar!!!" Essa frase ouvi hoje e fiquei realmentre preocupada...
O que posso dizer a estas pessoas???
Não estavam de fato preparadas para passarem pela cirurgia, não tinham consciência de que seria necessário que houvesse uma mudança radical de hábitos!!
Vão emagrecer sim!!! No início vão!!! Mas será que se manterão magras por quanto tempo?? Será que terão uma boa saúde por quanto tempo???
Sugiro a estas pessoas, que revejam seus conceitos, e que façam com que todo o esforço valha a pena!
No início tudo parece fluir melhor, tudo acontece mais rapidamente, mas depois de um tempo, o emagrecimento é mais lento.
Neste momento, se a pessoa não tiver adquirido bons hábitos, se reeducado, o inevitável acontece e o reganho do peso é certo.
Sem contar que a saúde estará comprometida.
Por este motivo volto ao início, e ressalto a importância de se fazer escolhas!
De se priorizar o que realmente é prioridade!!
Acredito mesmo que o acompanhamento nutricional pós cirúrgico é fundamental! O paciente consciente facilita sua própria vida,libera a agenda do seu médico e faz feliz quem o rodeia!!!
Ahhh!!!!! Se mantém magro!!!!!!!!!!!!!



Texto editado por Lu Fernandes.

terça-feira, 11 de outubro de 2011

Esperança!

"A esperança seria a maior das forças humanas, se não existisse o desespero."
É exatamente assim que me sinto as vezes...Acho que meus sonhos são inalcançáveis, e essa é a minha função utilizando este blog, é mostrar que por maiores que sejam as dificuldades nós somos capazes de superar e vencer.Tenho passado por momentos difíceis, onde muitos me olham com desprezo e sem acreditar e achando que escolhi o caminho errado! Eu também não os julgo, pois abri mão de muita coisa para chegar até aqui, como minha vida profissional, a admiração de pessoas que conviviam comigo... Mas não temo o futuro, vou dar a volta por cima e realizar o meu mais íntimo desejo (que ao contrário do que pensam não é ser magra, mas é o de se tornar uma pessoa com menos debilidades e sem limitações físicas). Me tornei nesse período uma pessoa mais frágil, que necessita de cuidados, mas ao contrário disso tenho recebido sim um tratamento especial com frieza e indiferença. Não me importo, meus sonhos me bastam, e sei exatamente onde quero chegar! Estou postando algumas fotos minhas, pois tenho certeza que em breve farei a comparação do que sou hoje(frágil mas não fraca!) e o do que me tornarei (confiante e ainda forte). Beijos e bom feriado!!!

Obs.: Como uma boa gordinha a maioria das minhas fotos são de rosto,RSRSRS!



segunda-feira, 10 de outubro de 2011

Mais uma etapa vencida!

 Bom! Como eu havia dito ontem,teria o ultimo exame a ser feito e DEU TUDO CERTO!!! E o melhor ainda, meu retorno estava marcado para o dia 01/11 e eu consegui antecipar a consulta para o dia 18/10 próxima terça. Então o jeito é esperar...

domingo, 9 de outubro de 2011

É difícil lidar com a ANSIEDADE!

 O amigos, está chegando a hora ... terminei as ultimas exigências do médico. Só falta o exame que a pneumologista pediu chamado Espirometria que farei amanhã dia 10/10, o pior que meu retorno só esta marcado para dia 01/11, mais mesmo assim vou tentar a sorte e passar pessoalmente no consultório dele, quem sabe as coisas não conspiram ao meu favor!!! Na verdade o que tem me preocupado mesmo é o fato do convênio médico não autorizar a minha cirurgia, passei por poucas e boas para chegar até aqui, não quero ter essa decepção. Bom domingo á todos!

segunda-feira, 3 de outubro de 2011

Novidades para contar!!!

Oi gente! Tenho muitas coisas para contar que aconteceram  nos últimos dias. Como eu havia dito passei pela nutricionista para dizer o que ocorreu durante a dieta, ela disse que a fraqueza e a dor de cabeça eram normais. Fui também à consulta com o novo médico, e amei, ele me passou muita confiança, já me agendou na próxima palestra que ira ser dia 25/10. Disse também que ainda faltavam os atestados da pneumologista, endocrinologista e vascular. Já passei pela endócrino e está tudo certo, na quarta feira dia 05/10 passarei pela pneumologista, tomara que tudo corra bem!
 Já tenho consulta marcada com a médica vascular que será dia 25/10 no mesmo dia da palestra e acabou (Eu espero!)  retornarei com ele dia 01/11 para marcar a data da cirurgia!